O desejo de morrer do profeta Elias

Pensando no Setembro Amarelo – campanha mundial de prevenção ao suicídio, eu me lembrei de algumas histórias da Bíblia. Dentre elas, o desejo de morrer do profeta Elias. Esse desejo está claramente expresso em I Reis 19.4: 

 

o desejo de morrer do profeta Elias

As palavras desse versículo foram ditas pelo profeta Elias num período de medo e desânimo que ele viveu. Talvez muita gente questione o fato de uma pessoa de tamanha fé em Deus – como era o caso do profeta Elias – ter passado por tal crise existencial a ponto de desejar a morte! Mas está na Bíblia!!!

Será que o desejo de morrer do profeta Elias não expressa o que se chama de “pensamento suicida”? Apesar de ele não falado em tirar a própria vida, ele pediu a morte. Quando a pessoa chega nesse ponto, é porque não consegue enxergar outra saída para sua dor. E a dor da alma é pior do que qualquer outra.

Já ouvi de psiquiatras e psicólogos que o quadro descrito em 1 Reis 19:1-18 é de uma crise de depressão. Eu concordo com eles.

Mas o que nos faz pensar que o desejo de morrer do profeta Elias é fruto de depressão?

Elias passou por uma intensa batalha espiritual descrita no capítulo anterior (I Reis 18). Mas também já vinha de lutas espirituais anteriores (I Reis 17). Tais lutas eram contra o reinado de Acabe, rei de Israel que, junto com sua esposa Jezabel, havia se desviado completamente de Deus e levado o povo a adorar o deus Baal. Então, a missão de Elias era pregar o que seu nome significa: “Javé é meu Deus”.

No capítulo 18, nós lemos que Elias travou uma grande batalha com os profetas de Baal, e Deus triunfou através da vida de Elias! Porém, ao receber um recado da perversa rainha Jezabel ameaçando-o de morte, sentiu medo e fugiu.

É estranho que, após tanta ousadia naquela intensa batalha, agora ele sentisse medo por causa de um recado, a ponto de fugir e pedir a morte para Deus. Podemos concluir, então, que Elias estava fisicamente exausto. A exaustão pode levar à depressão.

Nesse cenário de medo e fuga, lemos o desejo de morrer do profeta Elias:

Então Elias teve medo e fugiu para salvar a sua vida; foi para Berseba, uma cidade de Judá, e deixou ali o seu servo. Depois foi sozinho para o deserto, caminhando o dia todo, e sentou debaixo de uma moita de zimbro. Ali orou, pedindo a morte: “Já basta, Senhor. Tire a minha vida. Tenho de morrer algum dia, e bem que pode ser agora…” (I Reis 19:3-4)

E não foi só Elias que expressou sua crise através de palavras como essas na Bíblia. Outros servos de Deus também vivenciaram tamanha tristeza em determinados momentos que expressaram com palavras o desejo de morrer ou de nem ter nascido.

Na continuação da leitura de I Reis 19, nós entendemos que Elias desabafou com Deus. Disse que estava se sentindo sozinho, sem motivação e achava que seu trabalho era vão.

Entendemos também que Deus cuidou de Elias! Fez com que ele dormisse e se alimentasse. Elias havia passado por situações estressantes e, portanto,  precisava recuperar suas forças. Deus ainda lhe mostrou que não estava sozinho. Elias, então, foi curado!

Experiência pessoal:

O desejo de morrer do profeta Elias é um dos fatos bíblicos que nos mostram o quão humanas as pessoas descritas na Bíblia eram. É confortante saber que Deus, quando narra esses fatos através de quem os escreveu, está nos ensinando que somos limitados mas podemos buscar a ajuda dele para vencer nossas lutas físicas, emocionais e espirituais.

Eu já passei por depressão e síndrome do pânico. E confesso que passou pela minha mente que talvez a morte fosse a única saída. Assim não sofreria mais aquela dor interior.

Mas sempre veio à minha mente que Deus me deu a vida, e só Ele poderia tirá-la. Então, eu me derramava diante de Deus pedindo socorro.

Ele me socorreu através da família, através de amigos e através de profissionais da área de saúde. Então, por experiência própria, sei que há como sair da depressão. A melhor maneira é admitir o problema e pedir ajuda.

Elias saiu da situação de desespero em que se encontrava. Eu saí da situação de desespero na qual me encontrava. Você também pode sair da situação de desespero que possa estar passando nesse momento.

É preciso buscar ajuda! Desabafe com Deus! Peça ajuda a familiares e amigos de confiança! Ligue 188 (CVV). Lá alguém preparado vai ouvir você!

E se você perceber que alguém de sua convivência está apresentando sinais de desânimo, desesperança, extrema tristeza ou algum outro comportamento diferente, tente falar com ele(a). Quem sabe ele(a) está precisando desabafar. Quem sabe você será o canal de mudança na vida dessa pessoa!

Referência:

Nova Bíblia Viva. São Paulo: Mundo Cristão, 2010.

Veja também:

Reportagem na afiliada da Rede Globo (Santa Catarina) sobre o Assunto. 

3 respostas para “O desejo de morrer do profeta Elias”

  1. Que boa palavra!
    Tudo que se baseia na Palavra de Deus é simples, claro, direto. Nada fica de fora da Palavra! Ele pensou em tudo que precisamos ouvir, aprender, apreender.
    Essa questão é seriíssima. Já perdi algumas pessoas muito próximas por suicídio. É uma dor inexplicável.
    As dores da alma são as mais graves. Mas o mais importante é saber que Deus ouve os gritos de socorro. Também é necessário que estejamos prontos a ouvir as dores dos outros. Deus pode usar nossas vidas para ajudar aqueles que silenciosamente estão “gritando” por socorro.

  2. O caminho para subir e descer. Por isso yeshua disse quem quiser vir apos mim, negue_se a si mesmo tome sua cruz e siga_me. Lembro_me que esta escrito, adiante ds honra vai a humildade e sempre antes da queda veem o orgulho. Ele sabe como nos tratar para crescermos

Os comentários estão desativados.